Por que Deus espera para responder à oração?

Porque é que Deus esperaria para responder às nossas orações? Não seria de esperar que, uma vez que Deus é todo-poderoso, Ele respondesse imediatamente? Qual é o propósito de Deus atrasar nossos pedidos de oração?

Fora da vontade de Deus

Uma razão pela qual Deus pode não responder às nossas orações ou que Ele espera é que estamos pedindo a coisa errada. Podemos estar pedindo algo que não está na vontade de Deus para nossas vidas e podemos estar pedindo por razões egoístas. Tiago, o meio-irmão de Jesus, escreveu: “Quando pedes, não recebes, porque pedes com motivos errados, para gastares o que ganhas nos teus prazeres”. Por exemplo, se pedimos dinheiro e ainda não estamos dando para nossa igreja local ou não estamos ajudando os pobres, por que Deus deveria nos dar mais dinheiro para que possamos gastá-lo em nós mesmos? Além disso, podemos ter os motivos errados para pedir algo. Se pedirmos um emprego melhor, o emprego que pensamos que seria melhor pode ser pior do que o emprego que temos agora. Deus é soberano e Ele sabe o que é melhor, e tem em mente os nossos melhores interesses para o nosso futuro.

Na oração do Senhor, devemos pedir que a Sua vontade seja feita na terra assim como no céu. Sabemos que a vontade de Deus para os crentes é crescer em graça e conhecimento, por isso podemos pedir a compreensão espiritual da Sua Palavra pouco antes de lermos a Bíblia.

Dúvida

Quando oramos, podemos ter sérias dúvidas sobre a capacidade ou vontade de Deus de responder à nossa oração. Tiago 12:6-7 indica que se orarmos em dúvida, Deus não honrará os nossos pedidos dizendo: “Mas quando pedires, tens de crer e não duvidar, porque aquele que duvida é como uma onda do mar, soprada e atirada pelo vento. Essa pessoa não deve esperar receber nada do Senhor.” Deus pode estar esperando por nós para orarmos com fé real, na expectativa de recebermos uma resposta, ou para ver se somos sérios o suficiente para continuarmos a orar por ela.

O pecado impede que a oração seja respondida

Deus não responderá à oração forte de um crente se ele estiver num estado de pecado perpétuo e sem arrependimento. Salmo 66:18 é claro que “Se eu tivesse estimado o pecado no meu coração, o Senhor não teria ouvido”. Se formos obedientes, Ele ouvirá as nossas orações (João 15:7), mas se formos implacáveis, Ele recusará as nossas petições diante do Seu altar (Mateus 18:35). Mateus 5:24 diz que quando deixamos de perdoar aos outros, isso é motivo para um pedido falhado de Seu socorro, “deixa ali a tua oferta diante do altar”. Primeiro vai e reconcilia-te com o teu irmão; depois vem e oferece o teu dom.”

A oração é respondida no Tempo de Deus

Deus também espera que esperemos pacientemente pelo Seu tempo perfeito. Em Hebreus 10:36: “Porque necessitais de paciência, para que, depois de terdes feito a vontade de Deus, recebais a promessa”. O profeta menor, Habacuque, fala por todos nós quando ficou impaciente em esperar que Deus respondesse ao seu pedido em 1:2: “Até quando, Senhor, devo pedir ajuda, mas tu não ouves? Posso certamente identificar-me com Habakkuk nos seus sentimentos. O Salmo 37 é um grande Salmo para ler quando você está buscando os desejos do seu coração com a compreensão de que pode levar algum tempo.

Às vezes, os desejos do nosso coração levam tempo. Não acontecem da noite para o dia. Deus está mais frequentemente em ação quando Ele parece ser o mais silencioso. Mesmo que Daniel tivesse que esperar três semanas para que sua oração fosse respondida, Deus havia realmente respondido a sua oração naquele mesmo dia em que ele orou. Não pense que, uma vez que Deus não lhe revela imediatamente a Sua resposta, Ele não respondeu a ela e não a respondeu imediatamente.

Daniel teve sua oração respondida no mesmo dia de seu pedido, mas levou três semanas para que o tempo soberano de Deus chegasse até ele – e isso aconteceu exatamente na hora certa: “Não tenhas medo, Daniel. Desde o primeiro dia em que te decidiste a compreender e a humilhar-te perante o teu Deus, as tuas palavras foram ouvidas, e eu vim em resposta a elas”.

Histórias de Esperar pela Oração a Ser Respondida

Nunca desistas de rezar. Deus mostra-nos que a persistência compensa em Lucas 18:1-8: “Então Jesus contou aos seus discípulos uma parábola para lhes mostrar que deviam sempre orar e não desistir.

Ele disse: “Numa certa cidade havia um juiz que não temia a Deus nem se importava com o que as pessoas pensavam. E havia uma viúva naquela cidade que se dirigia a ele com a súplica: “Concede-me justiça contra o meu adversário”. “Durante algum tempo ele recusou. Mas finalmente ele disse a si mesmo: ‘Ainda que eu não tenha medo de Deus nem me importe com o que as pessoas pensam, e porque essa viúva continua me incomodando, eu vou fazer com que ela faça justiça, para que ela não venha e não me ataque'”. E o Senhor disse: “Escutai o que diz o juiz injusto. E não fará Deus justiça aos seus escolhidos, que lhe clamam de dia e de noite? Ele vai continuar a adiá-los? Eu digo-lhe, ele vai fazer com que eles façam justiça, e depressa.

Mas, quando o Filho do Homem vier, encontrará fé na terra?” O ponto desta parábola é que se continuarmos firmemente na oração, Deus honrará essa persistência. Nunca desista de orar porque Deus pode estar esperando para ver se é suficientemente importante para nós continuarmos em oração, dia e noite, dia após dia.

Eu ouvi a história de uma mãe fiel que estava orando há 28 anos para que seu filho viesse a ter fé em Cristo. Ano após ano, o filho dela era rebelde. Abusou de drogas, entrou e saiu da prisão, e não mostrou sinais de conhecer a Cristo. Os dias e anos se arrastaram sem absolutamente nenhuma indicação de que havia algo diferente na vida do homem.

cristo na cruz

Então, um dia, 28 anos depois de sua mãe ter orado por ele pela primeira vez, este homem veio a uma fé salvadora em Cristo. Hoje este homem, Terry Williams, usa seu testemunho para ajudar outros presos da prisão a encontrar seu caminho para um relacionamento com o único que pode salvar: Jesus Cristo.

E se esta mãe tivesse desistido? E se ela decidisse que não era suficientemente importante continuar a rezar todos os dias? Que diferença essa mãe fez em suas orações inabaláveis devido ao seu amor eterno por seu filho. Hoje o filho dela está a fazer uma diferença eterna para os outros na prisão. Tudo isto se deveu à oração. Apesar de ela ter tido de esperar.

Anúncios